Fale Conosco

Blog da Hora

Hidroxicloroquina não tem eficácia contra o coronavírus, diz maior estudo brasileiro sobre a droga

Vídeos

Hidroxicloroquina não tem eficácia contra o coronavírus, diz maior estudo brasileiro sobre a droga

Nesta quinta-feira, 23 de julho, um estudo inédito divulgado por uma parceria entre 15 instituições brasileiras e britânicas mostrou a trajetória do coronavírus no Brasil. Por meio de uma análise molecular, os pesquisadores chegaram a conclusão de que a doença pousou em solo brasileiro antes da restrição dos voos internacionais e que mais de 100 pessoas infectadas vindas do exterior impulsionaram a transmissão do vírus. 

Além disso, o material revela que as medidas de distanciamento social implementadas em São Paulo e no Rio de Janeiro ajudaram a diminuir pela metade a velocidade de propagação da doença. Na capital paulista, as mortes causadas pelo coronavírus e os novos casos confirmados da vêm caindo. Segundo o governo de São Paulo, a média móvel de novos casos caiu 26% na comparação desta semana com a semana passada. Já as mortes apresentaram queda de 9%.

Enquanto isso, os Estados Unidos ultrapassaram hoje o número de quatro milhões de casos de coronavírus. Por lá, os casos estão aumentando em ao menos 39 estados e também na capital Washington. Flórida, Louisiana e Mississipi veem seus números subir consideravelmente e o Texas vem registrando mais de 10 mil casos todos os dias. 

Um dia após a notícia de que a Pfizer venderia toda a sua produção de vacinas deste ano para o Estados Unidos, a companhia veio a público negar que isso vá acontecer e afirmou que sua capacidade de produção da vacina, que está em fase de testes e que conta com voluntários brasileiros, é ao menos duas vezes maior do que o número que foi comprometido no acordo com o governo americano. 

Também na ala de tratamentos e prevenções da doença, foi divulgado nesta quinta-feira o maior estudo feito no Brasil sobre o uso da hidroxicloroquina. Comandando por hospitais e institutos de pesquisa, a pesquisa mostrou que o uso da hidroxicloroquina, sozinha ou com azitromicina, não apresenta resultados em pacientes com quadros leves ou moderados da Covid-19. Nenhum dos 667 doentes tratados com os remédios apresentou evolução clínica.

O presidente Jair Bolsonaro, que vem enaltecendo o uso da cloroquina e que testou positivo para o novo coronavírus novamente nesta semana, hoje andou por Brasília de moto e conversou, sem máscara, com garis. O Brasil teve nas últimas 24 horas 59.961 novos casos da doença e 1.311 óbitos causados pelo coronavírus. Ao total, são 2.287.475 casos, 84.082 mortes e 1.570.237 recuperados.

Clique Para Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Clique Aqui e Ganhe Um e-Book Grátis
To Top
%d blogueiros gostam disto: