Fale Conosco

Blog da Hora

Mortes por coronavírus caem 4,3% em uma semana no Brasil

Vídeos

Mortes por coronavírus caem 4,3% em uma semana no Brasil

Hoje, dia 2 de julho, o Brasil registrou, de acordo com o Ministério da Saúde, 48.105 novos casos do novo coronavírus, acumulando agora quase 1,5 milhão (1.496.858) de pessoas já contaminadas. No último dia foram contabilizadas 1.252 mortes. Com isso, o país chega ao número de 61.884 vítimas fatais da doença.

Os casos e mortes acumulados na última semana (entre 26 de junho e 2 de julho) totalizaram 268.744 casos e 6.913 óbitos. Isso representa uma queda de 4,3% no número de mortes, mas um aumento de 7,5% nos diagnósticos em comparação aos sete dias anteriores (entre 19 e 25 de junho) quando foram registrados 249.912 casos e 7.223 mortes.

A incidência de Covid-19 em todo o país é de 712,3 pessoas a cada 100 mil habitantes. A taxa de letalidade está em 4,1% e taxa de mortalidade de 29,4 por 100 mil habitantes. Há ainda 852.816 (57%) pessoas recuperadas e outras 582.158 (38,9%) em acompanhamento.

Um dia após o governador de São Paulo João Doria ter afirmado acreditar que o estado havia chegado ao platô da curva de contaminados, o estado bateu um novo recorde, tendo 12.244 novos casos nas últimas 24 horas, número consideravelmente maior que o recorde antigo, que era de 9921, registrado no dia 26 de junho.

A cidade do Rio de Janeiro começou a reabrir hoje seus restaurantes, bares e academias, fechados desde março. Ontem, o prefeito Marcelo Crivella, defendeu a retomada, utilizando como argumento a baixa demanda de leitos nas UTIs e enfermarias do estado.

Em Goiânia, o decreto da prefeitura que determina o fechamento alternado do comércio não essencial foi suspenso pela Justiça, que acatou pedidos feito por dois sindicatos de comerciantes da região. O estado de Goiás vem, nessa semana, batendo recordes sucessivos de mortes pelo novo coronavírus por dia.

Lá fora, os Estados Unidos bateram recorde de número de contaminados, registrando cerca de 52 mil novos casos em um dia. Nova Iorque, antigo epicentro, vem mostrando queda nos números, mas estados como o Arizona, Califórnia e Texas viram seus números dispararem.

Clique Para Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Clique Aqui e Ganhe Um e-Book Grátis
To Top
%d blogueiros gostam disto: