Fale Conosco

Blog da Hora

Registros de casos de coronavírus caem 4,6% em comparação com a última quarta

Vídeos

Registros de casos de coronavírus caem 4,6% em comparação com a última quarta

De acordo com dados do Ministério da Saúde, o Brasil atingiu nesta quarta-feira, 8, o total de 1.713.160 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus e 67.964 óbitos em decorrência da doença. Apenas nas últimas 24 horas, foram 44.571 novos diagnósticos positivos e 1.223 mortes.

O país registrou uma redução de 4,6% no número de novos casos e alta de 17,8% no de óbitos em relação à última quarta-feira, 1º. Neste dia, o painel do governo apontava para 46.712 novos registros e 1038 mortes em 24 horas.

Segundo o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) a incidência de Covid-19 em todo o país é de 815,2 pessoas a cada 100 mil habitantes, com taxa de mortalidade de 32,3 por 100 mil habitantes. Entre os infectados, a letalidade é de 4%. Há ainda 1.020.091 recuperados (59,6% do total) e 624.295 (36,4% do total) em recuperação.

Até agora, São Paulo é o estado com mais casos registrados (341.365), seguido por Ceará (128.471) e Rio de Janeiro (126.329).

Em coletiva de imprensa de hoje, o Ministério da Saúde informou que as mortes em decorrência do novo coronavírus no país atingiram o platô, a estabilização, nas últimas cinco semanas. Dentro do período, as taxas diárias de novas mortes ficaram em média no intervalo entre 970 e 1040 novos registros. A análise leva em conta dados retroativos, do começo da pandemia até o último sábado, 4. As médias de hoje devem ser incluídas em um novo boletim, com cálculos até o dia 10 deste mês.

O presidente Jair Bolsonaro divulgou novamente em suas redes sociais os supostos benefícios da hidroxicloroquina no tratamento contra o coronavírus. mesmo após a OMS ter cancelado os testes com a droga por falta de evidências. Outro fato relevante é que o exército tem um estoque 1,8 milhão de comprimidos de cloroquina ainda sem destino.

Em São Paulo, que nessa semana permitiu a abertura restrita de bares e restaurantes, o governador João Doria confirmou o retorno do Campeonato Paulista a partir do dia 22 de julho. Além disso, Doria informou que amanhã, nove de julho, dia em que geralmente se celebra em São Paulo o feriado da Revolução Constitucionalista, será um dia normal de trabalho. O feriado foi um dos antecipados por conta da pandemia.

No Distrito Federal, um juiz suspendeu hoje o decreto do governador Ibaneis Rocha, do MDB, que autorizava a retomada das atividades econômicas, usando como argumento o fato de que a região está atravessando o ápice da crise sanitária e com leitos de UTI’s com grande ocupação. A decisão do juiz de suspender a flexibilização será mantida até o momento em que o governo apresente estudos que respaldem a reabertura.

Os Estados Unidos, segundo a Universidade Johns Hopkins, bateram hoje a marca de 3 milhões de infectados pela doença. O país, que é o mais atingido pela pandemia até então, vem sofrendo com o surgimento de novos casos. O estado da Flórida, por exemplo, vem batendo recordes sucessivos de novas contaminações.

Clique Para Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Clique Aqui e Ganhe Um e-Book Grátis
To Top
%d blogueiros gostam disto: